segunda-feira, 3 de junho de 2013

Imaginação Fértil: Jipe da NASA flagra camundongo no planeta Marte


Imagem do suposto rato registrado pelo jipe-robô Curiosity.


(Apolo11) Uma imagem no mínimo curiosa rodou o mundo algum tempo atrás. A cena foi registrada pela câmera situada no mastro do jipe-robô Curiosity e mostrava o que poderia ser um pequeno camundongo parado na superfície marciana.

A foto foi feita no dia 28 de setembro de 2012, alguns dias depois que o jipe-robô pousou no interior da cratera Gale. Era uma imagem típica de reconhecimento de terreno como tantas outras, mas o olhar atento dos caçadores de bizarrices não deixou que uma parte do terreno analisado caísse na mesmice das típicas fotos marcianas.

No meio de diversas pedras, a imaginação fértil dos caçadores encontrou um verdadeiro camundongo, igualzinho aqueles que temos aqui na Terra e que infestam nossas cidades.

A famosa Face de Marte, como visto pela sonda Viking 1 em 26 de julho de 1976, ao imagear a região de Cidônia


Lógico que a cena repercutiu e dezenas de teorias foram imediatamente formuladas. Alguns, mais apressados, trataram de explicaram que o pequeno roedor havia escapado de um dos experimentos que estava sendo realizado secretamente pela NASA, mas que agora estava solto no Planeta Vermelho.

Pareidolia
Naturalmente, a imagem do rato não é real. A cena é um típico caso de pareidolia, um fenômeno psicológico que faz com que nosso cérebro interprete sons e imagens aleatórias como algo significativo e conhecido. Um exemplo bem conhecido de pareidolia é enxergar imagens nas nuvens.

O emblemático Bigfoot, uma rocha de apenas 6 centímetros de comprimento registrada pela jipé-robô Spirit,e m janeiro de 2008. Créditos: NASA/JPL, Apolo11.com.


Essa não é a primeira vez que objetos vistos na superfície marciana sejam interpretados como conhecidos, dando origem à verdadeiras teorias conspiratórias. Os mais conhecidos são a "Face de Marte" ou o Bigfoot, um homem que parecia sentado em uma pedra.

Em ambos os casos, a ilusão é criada pela falsa noção da perspectiva e também pelos ângulos de luz incidente no instante da imagem, que faz com que simples pedras se transformem em rostos, pessoas e ratos.
----
E mais:
Você acredita em tudo que vê? (Carlos Orsi)
.
Designers criam projeto para buscar rostos em objetos e paisagens (UOL)
.
Oito coisas que os humanos acham que viram em Marte (Veja)
----
UPDATE:
Novas imagens revelam suposto osso animal na superfície de Marte (Apolo11)

Nenhum comentário:

Postar um comentário